sábado, 31 de março de 2012

Aquisições de Março



Este mês adquiri através da campanha de desconto de 40% da Saída de Emergência, "Jogo de Mãos" de Nora Roberts e "Oferta Irrecusável" de Jill Mansell, como oferta elegi "Os Reinos do Caos" de George R. R. Martin.



Por fim, adquiri do blogue de leilões de livros Déjà Lu, a obra "Só te amo até terça-feira" de Rosa Luna. A qual já tive o prazer de ler e gostei da mensagem patente no mesmo e da sua leveza, óptima para descontrair durante alguns bons momentos. 

Aproveito para fazer alguma publicidade ao blogue de leilões, que além da Idónea, a representante do espaço, ser deveras simpática também tem um atendimento fantástico, já para não falar que o total das vendas reverte para Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 e para o Centro de desenvolvimento Infantil DIFERENÇAS. Aproveitem, têm livros fantásticos, em óptimas condições, a preços tremendamente tentadores e ainda é por uma boa causa. :)

segunda-feira, 26 de março de 2012

Vencedor Passatempo Aniversário


Neste passatempo comemorativo do primeiro aniversário do Magia contámos com 41 participações. O meu obrigado a todos os que seguem o blogue, os que tentaram a sua sorte e os que não o fizeram e aos que visitam regularmente este cantinho. :)

Sem mais delongas o feliz contemplado dos dois primeiros volumes da trilogia do Elfo Negro, que será contactado posteriormente por email para envio das obras, é:

8 - Luís (...) Pinto

Mais uma vez obrigada a todos e um muito obrigado ao Paulo pela ajuda, que foi essencial para a concretização do passatempo. Quanto aos restantes continuem a tentar, pois nunca se sabe quando a sorte nos pode bater à porta. :)

Beijinhos e boas leituras!

sábado, 24 de março de 2012

Conspiração 365 - Janeiro


Nome: "Conspiração 365 - Janeiro"

Autora: Gabrielle Lord

Nº de Páginas: 190

Editora: Contraponto

Sinopse: "Callum Ormond foi avisado. 
Ele tem 365 dias. 
A contagem decrescente começou... 
Na véspera de Ano Novo, Cal é seguido por um homem estranho que lhe deixa um alerta: «Mataram o teu pai. Vão matar-te. Tens de sobreviver os próximos 365 dias!» 
Forçado a uma vida em fuga e com a cabeça a prémio, o fugitivo de 15 anos vê-se sozinho, sem ter quem o ajude. Perseguido pela lei e por criminosos implacáveis, Cal tem de descobrir a verdade sobre a misteriosa morte do seu pai e um segredo capaz de mudar o rumo da História. A quem pode ele recorrer? Em quem pode ele confiar quando parece que o mundo inteiro o quer ver morto? 
O relógio não pára… Cada segundo pode ser o último…"

Opinião: Callum é um jovem com 15 anos que perde o pai por causas desconhecidas, sendo a sustentabilidade da família formada pela mãe e irmã que adora. De um momento para o outro começam a ocorrer situações estranhas onde a vida de Callum se encontra constantemente em perigo, sendo avisado por um suposto louco que tem de se esconder durante 365 dias, pois a sua vida encontra-se em jogo.

“Conspiração 365 – Janeiro” é o primeiro volume de uma saga constituída por 12 volumes onde Gabrielle Lord numa narrativa repleta de acção, mistério e adrenalina nos apresenta a luta pela sobrevivência de Callum.

Em termos de personagens penso que é fácil simpatizarmos com Callum, pois o amor que sente pela família é palpável e a sua luta pela sobrevivência leva-nos a que nos sintamos solidários para com ele e que torçamos constantemente para que tudo corra pelo melhor. O seu melhor amigo também é alguém fácil de gostar, óptimo aluno, inteligente e perspicaz, é essencial para que Callum consiga contornar as várias dificuldades que se atravessam no seu caminho.

Numa escrita acessível, simples e cheia de suspense, a autora presenteia-nos com uma obra escrita na primeira pessoa, numerada em contagem decrescente, sendo dividida pelos dias constituintes de cada mês e com vários desenhos e mensagens que contextualizam a narrativa, sendo, desta forma, uma saga que prima pela diferença.

Com um final de cortar a respiração, que deixa o leitor expectante pela continuação, é uma história que incute a necessidade de ler desde logo o seguinte volume, que já tive o prazer de ler.

Avaliação: 3/5 (Gostei!)

sexta-feira, 23 de março de 2012

Um livro, uma adaptação - O Leitor


Título Original: "The Reader"

País de Origem: EUA / Alemanha

Género: Drama / Romance

Ano de Lançamento: 2008


"O Leitor" foi escrito por David Hare, baseado na obra com o mesmo título criada pelo alemão Bernhard Schlink.

A história inicia-se na Alemanha, após a Segunda Guerra Mundial, com Michael Berg (Ralph Fiennes) de 15 anos a apaixonar-se por Hanna Schmitz (Kate Winslet), com o dobro da sua idade. Vivendo em mundos distintos aliado à diferença de idades enorme, ainda para mais sendo Michael um desconhecedor, no auge da sua puberdade, vivem ambos uma história de amor que por vezes se nos mostra quase como uma dependência de ambas as partes, estranha, mas ao mesmo tempo enternecedora. Até que Hanna desaparece sem qualquer justificação aparente, deixando Michael destroçado e constantemente a pensar no que se poderia ter passado com ela ou não tivesse sido ela o seu primeiro amor. É oito anos mais tarde que que a reencontra num tribunal, quando o seu professor de Direito os leva a assistir a um polémico julgamento relativo a crimes cometidos pelos nazistas.

Penso que a obra se encontra bastante bem retratada no filme, desde o amor entre ambos, que vive entre a razão e a emoção, à mensagem mas importante para mim, relativa à importância das palavras e que as mesmas são essenciais em vários contextos da nossa vida. 

Relativamente ao elenco, penso que a actriz Kate Winslet mereceu, sem dúvida, as seis vezes que foi indicada a Óscar e o seu reconhecimento mundial com esta adaptação de "O Leitor". Quando li a obra recordo-me de pensar que não seria assim tão simples representar esta personagem, pois era uma pessoa com algumas inconstâncias e mudanças de humor, com uma personalidade forte e que claramente passou por muito. A meu ver Kate encarna a personagem na perfeição, uma interpretação carregada de entrega e emotividade.

Embora não possa afirmar que supere o livro, pois nunca me aconteceu pensar dessa forma, penso que está uma adaptação bastante bem conseguida, arriscando-me a dizer que muito devido à interpretação de Kate Winslet.



quinta-feira, 22 de março de 2012

A Lua de Joana



Nome: "A Lua de Joana"

Autora: Maria Gonzalez

Nº de Páginas: 184

Editor: PI


Sinopse: "Ao lermos a Lua de Joana, não podemos deixar de pensar na forma como, muitas vezes, relegamos para segundo plano aquilo que realmente é importante na vida. Porque este livro alerta-nos para a importância de estarmos atentos a nós e ao outro, e de sermos capazes de, em conjunto, percorrer um caminho que conduza a uma vida plena…"


Opinião: “A Lua de Joana” conta a história de Joana, que perdeu a sua melhor amiga devido a uma overdose. Como modo de aprender a contornar a dor e de expor os seus sentimentos começa a escrever cartas endereçadas à melhor amiga e é, deste modo, que se inicia a narrativa. Nestas cartas Joana conta à amiga o seu dia-a-dia, as suas dúvidas, frustrações e medos, quase como se tivesse escrevendo um diário.


Joana é uma menina inteligente, adorada por professores e amigos, sendo considerada por todos como a menina perfeita, contudo em casa a vida não é assim tão fácil, com um pai introvertido e ausente, uma mãe desligada e pouco atenciosa e um irmão rebelde, sendo o seu único apoio a avó. Deste modo quando o mundo de Joana descarrila o apoio é praticamente inexistente, o que irá condicionar o seu modo de contornar os problemas.

Mesmo sentindo que se tivesse lido esta obra enquanto adolescente o impacto teria sido maior, tenho de admitir que é uma excelente história, com uma grande lição de vida. Não é só a mensagem relativa às drogas e que as mesmas podem destruir vidas, mas também uma nota aos pais ausentes que o apoio é importante, nos bons e maus momentos, especialmente na adolescência, que é uma das fases mais difíceis e que devemos sempre aproveitar cada momento para estarmos com os que mais amamos, pois não poderemos saber o dia de amanhã, mostrando-nos que devemos dar valor e atenção ao que temos.

Em termos de personagens gostei bastante da Joana, pois ela estava de tal forma bem construída que sentíamos quase a sua tristeza como nossa. Foi com solidariedade e até pena que a acompanhei ao longo das páginas desta obra, sempre desejando que alguém olhasse por ela e a ajudasse a contornar a depressão.

Quanto aos pais de Joana, confesso que achava a sua mãe algo irritante, pois preocupava-se demasiado com roupa e com o outro filho, por ser rebelde e ter más notas, desligando-se completamente da filha, que tanto precisava dela. Quanto ao pai senti que ele tinha problemas em expressar-se e de expor os seus sentimentos e não tanto por vontade dele. Senti que era uma pessoa introvertida, que se refugiava no trabalho, por não saber lidar com as suas emoções.

E, por fim, gostaria de salientar o irmão de Marta, a melhor amiga de Joana, que entra em depressão com a morte da irmã e que é incapaz de expor os seus sentimentos. Com ele percebi que aquilo que, tanto ele como Joana, necessitavam era de uma mão amiga, alguém que os auxiliasse e ajudasse a dar a volta por cima, sendo que os pais poderiam ter tido um papel fundamental para que tal fosse possível.

Os aspectos que mais me fascinaram na obra foram o facto de o mesmo nos ser apresentado em forma de cartas, pois não sabia o que esperar da narrativa. Da lição patente na obra, que me leva a crer que pais e filhos deveriam ler, pois é intemporal e poderá abrir os olhos a muitas pessoas. O pormenor do baloiço em forma de lua construído especialmente para o quarto de Joana, que achei bastante engraçado, pois dava para mudar as fases, que ela colocava em quarto minguante quando se encontrava triste e em quarto crescente quando queria pensar.

Numa leitura simples, acessível, contendo uma lição de vida intemporal e personagens bem construídas, repletas de sentimento, Maria Gonzalez conta-nos uma história para pequenos e graúdos que certamente não deixará ninguém indiferente.

Avaliação: 3.5/5 (Gostei!)

Uma Nova Oportunidade [Divulgação e Convite - Papiro Editora]


Nome: "Uma Nova Oportunidade"

Autor: Alfredo Leiria

Nº de Páginas: 224

Género: Romance

Sinopse: "Uma Nova Oportunidade é baseado num episódio real ocorrido em Abril de 1987, na EN125, no Algarve. O professor de História José Estanislau só por duas ou três vezes utilizara aquele percurso da EN 125, mas naquela manhã foi buscar o seu amigo jornalista ao aeroporto de Faro. Regressavam já a Quarteira quando o professor foi obrigado a travar a fundo para não se ver envolvido num trágico acidente de viação. Tudo se desenrolou, ali, à sua frente, a poucos metros, num sucedâneo de imagens dolorosas. Iriam ser noites e noites em que os sonos do professor seriam assaltados por estranhos pesadelos. Em todos eles, assistia de perto a decisivos episódios do Brasil de quinhentos, na companhia de uma das vítimas do acidente – por aquela altura em coma. Quando Pires soube que aqueles pesadelos revelavam ao professor um sítio, na costa algarvia, onde naufragara uma nau, carregada de tesouros do Brasil, contratou, de imediato, um iate para os resgatar do fundo do mar. Aproveitando tal entusiasmo, o professor, sob receita e orientação de uma psicóloga, pretendeu combater os pesadelos dramatizando-os, a bordo do dito iate. Perante o inesperado resultado de tão caro empreendimento, Pires, inconformado, enceta, desde logo, uma obstinada inquirição. Correram muitos anos até à sua última tentativa para desvendar o imbróglio que encobria aquela caça ao tesouro, que a tanto custo financiara. Contudo, não podia fazer ideia de como a sua derradeira jogada iria levantar questões tão invulgares como decisivas."

Sobre o autor: José Alfredo Teixeira Leiria nasceu em Agosto de 1957, na freguesia de Estoi, concelho de Faro. Profissionalmente ligado às telecomunicações, nunca deixou de desenvolver actividades de âmbito cultural.
Desde meados da década de 70 tem estado ligado a vários grupos de teatro amador como encenador. Tem participado na edição e redacção de jornais, propriedade de associações desportivas e culturais.
Em 1999, concluiu a Licenciatura em História, na Universidade Aberta e, em Abril de 2004, completou o Mestrado em Estudos Portugueses Interdisciplinares, com a dissertação intitulada: No vértice comunicativo da modernidade com a Notícia do Brasil de Gabriel Soares de Sousa (1540-1590).
"Uma Nova Oportunidade" é o seu primeiro livro.

Apresentação do Livro dia 3 de Março na Universidade do Algarve:


TAG - 11 Perguntas

1 - Se tivesses de te definir em 5 palavras quais seriam?
Tímida, reservada, teimosa, perseverante e amiga.

2 - És feliz na profissão que exerces? 
Nem sempre, mas nada que força de vontade e dedicação não resolvam.

3 - Qual é a profissão com que mais te identificas?
Psicologia porque vai muito de encontro ao que eu gostaria de fazer e do papel que gostaria de ter na sociedade.

4 - Se fosses uma personagem da BD qual serias?
Boa pergunta. Não faço a mínima ideia... *shame*

5 - Qual o livro que mais te marcou até hoje?
Tenho vários mas a título de exemplo "Para a Minha Irmã" de Jodi Picoult, "Nunca me Esqueças" de Lesley Pearse e "A Rapariga que Roubava Livros" de Markus Zusak.

6 - Qual o último livro adquirido (comprado, trocado ou oferecido)?
A última encomenda que fiz foi "Jogo de Mãos" de Nora Roberts, "Oferta Irrecusável" de Jill Mansell e "Os Reinos do Caos" de George R. R. Martin.

7 - Qual a última música ouvida?
Incubus - "Wish You Were Here"

8 - Qual a música que mais te toca?
Oiço vários géneros e eleger uma é difícil mas, por exemplo, Love By Grace de 
Lara Fabian.


9 - Com que animal mais te identificas?
Não posso dizer que me identifique, mas adoro cães e golfinhos.


10 - O que estás a fazer neste preciso momento?
A responder somente  à tag.

11 -  Sem olhares para o relógio, que horas são?
00:25h - falhei por dois minutos. :P

Regras:
1. Criar um post e responder às questões de quem te deu a TAG no post;
2. Criar 11 novas perguntinhas diferentes para passar adiante;
3. Escolher 11 bloggers para dar a TAG e colocar o link dela no post;
4. Ir para a página das bloggers selecionadas e dizer-lhes que foram tagueadas;
5. Não se pode taguear a blogger que nos indicou a TAG;
6. Avisar a blogger que nos passou a TAG quando fizermos o post sobre a mesma.

Vou fazer batota e desafiar os 11 blogues com as mesmas perguntas que respondi na tag. :)


Obrigada à Wicahpis do blogue O Meu vívio: Ler pela tag. :) 

terça-feira, 20 de março de 2012

À Procura de um Lugar [Divulgação - Alphabetum Edições Literárias]


Título: "À Procura de um Lugar"

Autora: Fátima Marinho

Nº de Páginas: 96

Editora: Alphabetum Edições Literárias

Sinopse: "O nascimento do Vicente transformou tudo e todos à sua volta. Chovia no dia 25 de abril de 2000. Portugal parou para lembrar o valor da liberdade e, logo após o seu nascimento, também a família de Vicente parou debruçada sobre o abismo. Fora concebido numa viagem aos Alpes suíços e a sua vinda preparada com detalhe. Mas Vicente trazia consigo uma revelação esmagadora. Tinha trissomia 21. O dia do seu nascimento foi o ato inaugural de mil desafios, mas também o início de vidas maiores que se escondiam no conforto e na previsibilidade dos dias. Às vezes a felicidade veste-se de breu só para que o sol brilhe mais quando rompe a alva."

A obra baseia-se na realidade da  autora, Fátima Marinho, tia de um menino com trissomia 21 – uma deficiência genética que afeta, segundo se estima, um em cada 800 a 1.000 recém-nascidos, e que se recorda na terça-feira, 21 de março, Dia Mundial da Trissomia 21.

Sobre a autora: Fátima Marinho nasceu em Cuba, no inverno de 1966, mas tem como terras adoptivas Cabeceiras de Basto e Braga. É especializada em Educação Comunitária, pós-graduada em Formação Psicológica de Professores, e mestre em Educação Especial.

Publicações da autora: 
- “O culto da dor” (Comunicação – pp. 505-508), “Educação para a Saúde”. Departamento de Metodologias da Educação, Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho;
- Coleção de manuais escolares “Magia do Saber” em coautoria com Eduarda Castro, Livraria Arnado, Grupo Porto Editora;
- “À Procura de um Lugar”, Alphabetum Edições Literárias;
- “O Mistério das Coisas Erradas”, Alphabetum Edições Literárias;
- “Ama-me sem me suportares!”, Alphabetum Edições Literárias.


Parte das receitas do livro reverte para a Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21!

Só te Amo até Terça-Feira



Nome: "Só te Amo até Terça-Feira

Autora: Rosa Luna

Nº de Páginas: 176

Editora: Livros d'Hoje - Tiara


Sinopse: Mariana nasceu sete minutos depois de Rosa Maria. A sua vida estava destinada a ser pequena e esquecida, com um namorado sem dinheiro que ainda vivia com a mãe. Num finca-pé pouco habitual, Mariana conseguiu tirar um curso administrativo, um de inglês e outro de francês e começou a trabalhar numa grande empresa. Era a Mariana ao fundo da sala, competente mas sem história. Tudo se transforma com a chegada do filho do patrão, Diogo Vargas, um homem estonteante, bem vestido, perfumado, com um sorriso irresistível. Ainda não tinham trocado uma palavra e Mariana já imaginara o casamento, os filhos, o sexo extraordinário. Nada seria possível sem uma autêntica revolução. Esta chega pelas mãos de umas amigas - um par de lésbicas bem dispostas e atrevidas - que obrigam Mariana a mudar o visual. Radicalmente. O patinho feio torna-se um cisne com cabelo assimétrico, roupa de outlet e sapatos com cunha. Depois? Diogo repara na Mariana ao fundo da sala e vão jantar. Nada corre como seria de esperar. Ou será que Mariana conseguirá o seu sonho? Uma coisa é certa: o amor não escolhe nem tempo, nem lugar.

Opinião: Mariana era uma mulher tímida, reservada, que se escondia atrás de indumentárias que não a favoreciam muito, com o intuito de não chamar à atenção sobre si mesma. Depois de uma infância na sombra da irmã gémea, que era considerada perfeita aos olhos da família, Mariana necessita somente de um empurrão das pessoas certas para se tornar mais sofisticada, o que aliado à sua beleza interior chamará a atenção de Diogo Vargas, por quem se apaixonou desde que o viu pela primeira vez.

Embora confesse que não acredito em amor à primeira vista, pois para mim existe a consolidação de uma relação, o conhecer e a aprender a amar, considerei esta obra uma bonita história de amor, simples, óptima para descontrair e passar uma tarde na melhor companhia.

É mais que uma história de amor, sendo também uma história de perseverança e de luta pelos nossos sonhos. Defende-se que quando temos força de vontade e o espírito de mudança conseguimos alcançar o que desejamos, pois não há impossíveis, simplesmente acontecimentos mais difíceis, que só requerem mais tempo e dedicação nossa.

Em termos de personagens, Mariana no início deixou-me um pouco de pé atrás pela forma como se expressava, pois por vezes parecia que se considerava superior à irmã. Aspecto que não posso afirmar que não compreenda, tendo sempre vivido na sua sombra e com a mesma a colocar tudo o que fazia em causa, mas que não me agradou muito, para ser sincera. Contudo, depois de a conhecer melhor gostei de perceber que era tímida, reservada e até algo insegura e que a única coisa que necessitava era ser aceite, amada e de um empurrão para poder ser melhor.

O Diogo Vargas é um homem de negócios, com um passado conturbado e que não procurava relações a longo prazo. Mesmo sendo a protagonista apaixonada por ele e ele sendo parte fundamental na trama senti que não nos foi dado muito a conhecer, isto é, compreendemos o seu passado, as suas dedicações, porém não existe uma grande consolidação da personagem, que pode ser compreendida por ser um livro narrado na primeira pessoa por Mariana, mas que mesmo assim peca na minha opinião, pois acabamos por não o conhecer como gostaríamos.

Os aspectos positivos que ressalvo na obra são a leveza da mesma, pois é uma excelente obra para poder descontrair e passar um bom bocado sem um grande esforço. A escrita que sendo quase em forma de diário, leve e desprovida de floreados torna-se compulsiva e bastante agradável. Sendo o aspecto mais positivo a mensagem de lutar sempre por um sonho e por ser melhor.

O aspecto negativo seria o desenvolvimento das personagens que penso que poderia ter sido melhor conseguido.

Em suma, “Só te amo até terça-feira” é um romance moderno, simples e leve, com uma mensagem bonita, óptimo para descontrair e passar alguns bons momentos na sua companhia.

Avaliação: 3/5 (Gostei!)

Colecção Joquinha [ Divulgação - Papiro Editora]



Nome: "Joquinha na cidade de Miau"

Autora: Anne Caroline Soares

Ilustrações: Ricardo Jorge Ladeira

Género: Infantil


Sinopse: O Joquinha é um menino muito reguila, tal como outros meninos da sua idade, mas vai aprender a lição graças ao seu animal de estimação, o gato Faísca.



Nome: "Joquinha na Nuvem da Mafalda"

Autora: Anne Caroline Soares

Ilustrações: Maria de Palma

Género: Infanto - juvenil


Sinopse: Nesta aventura, o Joquinha será levado até às nuvens numa bolinha de sabão e lá conhecerá a menina Mafalda e outros fantásticos personagens que enfatizam os valores da amizade, da solidariedade e do respeito.

Sobre a autora: Anne Caroline Soares nasceu em São Carlos, São Paulo,  em 1978. Mudou com os pais e dois irmãos para Portugal quando tinha 14 anos. Formou-se em Comunicação na Escola Superior de Educação de Coimbra. Aos 24  anos teve um acidente de viação e ficou tetraplégica.
Realiza a hora do conto para crianças e lança agora o seu segundo livro infantil: a segunda aventura do Joquinha.

A autora estará hoje por volta das 15h30, juntamente com o Director da Papiro Editora, no programa "Portugal no Coração" da RTP1, a falar sobre estas duas obras pertencentes à Colecção Joquinha.

domingo, 18 de março de 2012

Encontros de Vidas [Divulgação - Papiro Editora]



Nome: "Encontros de Vidas

Autor: Angelino Pereira

Género: Romance


Sinopse: "Quem não deseja a felicidade? Nem sempre a vida nos sorri! É preciso procurar. Sair fora do meio e aproveitar as oportunidades, tantas vezes únicas, mas determinantes para podermos encontrar o que não conseguiríamos se não tivéssemos mudado. Francisco saiu da Luz para salvar a sua aldeia e, depois de tanto dar, salva a terra que herdou e recebe o mundo, porque as pessoas são o universo de tudo e ele encontra finalmente o paraíso, no encontro de vidas. Neste Encontros de vidas, o sétimo livro de Angelino Pereira, todos
percebem que a inevitabilidade da velhice acontece porque a natureza tem necessariamente que renovar a vida.

Vê o mundo com outros olhos [Divulgação - Papiro Editora]


Nome: "Vê o mundo com outros olhos"

Autor: João Marcos

Nº de Páginas: 40

Género: Conto

Sinopse: "Numa viagem de comboio, um passageiro observa os restantes que entram e saem. Nesta interacção, descobre diferentes formas de discriminação, muitas vezes com base em estereótipos existentes na sociedade. De uma forma simples e de fácil compreensão, acessível a diferentes idades, são abordados assuntos sérios e sugeridos alguns tópicos que poderão contribuir para a resolução de alguns desses conflitos afinal tão nocivos."

Sobre o autor: João Carlos (JC), 16 anos, é natural e residente na região da grande Lisboa. Vive com os pais, os dois irmãos e a cadela. É um adolescente de trato fácil e postura descontraída. Adepto fervoroso do Benfica. Como muitos jovens da sua idade gosta de jogos de consola e de computador, de conviver com os amigos e também de novas experiencias. Já foi praticante de natação, equitação, karaté, ténis e futebol. Atento ao mundo que o rodeia, apesar da sua idade, aproveitou as ferias escolares para passar para o papel a sua compreensão da vida e de muitos dos valores (distorcidos) que a regem.

Sereiazinha da Terra [Divulgação - Papiro Editora]



Nome: "Sereiazinha da Terra

Autora: Maria José Santos

Nº de Páginas: 44

Género: Teatro


Sinopse: "Sereiazinha da Terra é uma peça de teatro que nos conta uma história de amor que conserva as características pitorescas e moralistas dos anos 40, no início do século XX. Induz e reforça a importância da agricultura na tradição portu guesa. A personagem principal, a Aninhas, é uma jovem agricultora, que ama todos os que a rodeiam. Sofre em silêncio um desgosto amo roso. No entanto, mantém ace sa a dedicação e o carinho que sempre sentiu pela família de Zeca. Temporariamente perdido nas suas ambições, Zeca descobre, que afinal, tudo aquilo com que sempre sonhou era irreal e insatisfatório. Só a persistência e o amor verdadeiro o poderão fazer recuperar a confiança de Aninhas, que é o pilar, o encanto e a alma dos campos daquela pacata aldeia."


Sobre a autora: Maria José Oliveira Pinto Santos nasceu em França a 9 de Abril de 1967. Reside no Concelho de Santa Maria da Feira, desde os 5 anos de idade. Frequentou o curso de Técnica Vocal e Repertório na Academia de Santa Maria da Feira e concluiu a Licenciatura em Professores do Ensino Básico, 2.º Ciclo, variante de Educação Musical, na Escola Superior Jean Piaget, exercendo, actualmente, funções no 1.º Ciclo do Ensino Básico, no Concelho de Santa Maria da Feira.
Sereiazinha da Terra é a sua primeira obra, escrita em 1985.


Liberdade Para Sonhar Mais Além [Divulgação - Papiro Editora]



Nome: "Liberdade Para Sonhar Mais Além"

Autora: Luísa da Paz

Nº de Páginas: 58

Género: Vários

Sinopse: "Liberdade para sonhar mais além, é uma partilha de alguém que sempre sonhou e acreditou que o sonho comanda a vida.
É uma tentativa de evangelizar a partir da própria história, da experiência vivida.
É um pequeno livro que pode ser lido, relido, sublinhado, consoante o momento em que cada um se encontra e um pequeno instrumento de auto-ajuda, que deseja levar a esperança, a fé, a alegria de se saber amado, de forma a que haja coragem para ultrapassar todos os obstáculos."

Sobre a autora: Luisa da Paz nasceu em Lisboa a 22 de Fevereiro de 1962 mas cresceu no Porto, a terra dos pais. Quando estava a terminar o ISEF/Porto, sentiu o chamamento de Deus para o seguir de forma radical ao jeito de Francisco de Assis. Com 28 anos fez os seus primeiros votos de Pobreza, Castidade e Obediência, e cinco anos mais tarde os Votos Perpétuos como Franciscana Missionária da Mãe do Divino Pastor. Foi missionária, durante quinze anos, no distrito de Santarém (Fazendas de Almeirim e Abrantes), e cinco anos em Angola. Liberdade de sonhar mais além é o seu primeiro livro.





quarta-feira, 14 de março de 2012

Estarás Sempre Comigo



Nome: "Estarás Sempre Comigo"

Autora: Anna McPartlin

Nº de Páginas: 360

Editora: Quinta Essência


Sinopse: "Emma tem vinte e seis anos - bonita, inteligente, feliz e vive com o namorado de infância, John, num agradável apartamento em Dublin. O seu maior problema é a mãe não parar de insistir para que se casem já. Emma e John sentem-se o casal perfeito, com um futuro cheio de possibilidades. Mas, de repente, John morre num terrível acidente, e Emma mergulha no desespero. Amava-o mais do que à própria vida - e agora a morte tirou-lho. 
À medida que emerge da dor, Emma tem de encontrar uma nova forma de viver, e os amigos leais unem-se para tentar ajudar. Clodagh, amiga de sempre de Emma, com quem ela partilhou tudo, desde bolos de lama a namoros desastrosos. Anne e Richard, mais ou menos bem casados e a debaterem uma mudança para o campo. O irmão de Emma, Noel, o jovem padre católico que vê a sua própria fé testada enquanto tenta confortar Emma. Seán, o belo mau rapaz das mil e uma namoradas, desconfortavelmente ciente da sua crescente ligação a Emma. 
De forma espirituosa, mordaz e, às vezes simplesmente chocante, Emma documenta as histórias dos amigos e a sua própria recuperação da dor com uma franqueza que envolve o leitor desde a primeira página."

Opinião:  Emma era professora, vivia com o amor da sua vida e rodeada de amigos que amava e que a amavam, contudo uma tragédia condiciona todo o seu futuro e a forma como a mesma via o mundo que a rodeava. Ainda no auge da sua juventude deixando-se levar pelas loucuras e devaneios dessa mesma fase, vê-se assaltada pela perda de alguém que lhe é muito especial.

Numa escrita bastante emotiva, a autora apresenta-nos vários laços entre as personagens, desde a amizade, essencial para os bons momentos e ainda mais para os menos bons, ou não fossem os amigos o nosso alicerce. O amor que é para sempre, pois mesmo que se perca determinada pessoa ela viverá sempre em nós, um pedaço da nossa vida foi e será sempre condicionada e reservada para ela.

Essencialmente, esta é uma história de relações, de emoções, de nostalgia e perda características da vida. Mostra-nos que a vida é efémera, que nunca sabemos o que virá de seguida e que não podemos dar nada como garantido, pois a vida é uma caixinha de surpresas. Fala da dor como algo muito desgastante e doloroso para quem vê alguém que lhe é especial partir, mas também como algo que fortalece, ensina a ultrapassar obstáculos e que nos faz crescer acima de tudo. Penso que a autora nos transmite de uma forma formidável a dor, a impotência e a raiva que é ver alguém que amamos sofrer ou partir, tendo sido dos aspectos que mais gostei ao longo da obra, ainda para mais sabendo que a autora se centra em algo que ela mesma viveu e aprendeu a ultrapassar.

Em termos de personagens considerei a Emma no início pouco madura para a idade que tinha, pela sua forma de agir e até de se expressar, contudo com o avançar da obra gostei bastante de a conhecer, de a ver crescer e até de percepcionar a forma como ultrapassou os diferentes desafios que a vida lhe proporcionou.

Todas as outras personagens ao longo da obra são essenciais para a possibilidade de Emma e eles mesmos ultrapassarem o que se havia passado nas suas vidas, sendo cada um deles especial à sua maneira e portador de uma história de vida interessante.

Os aspectos negativos que encontro são a fase inicial da obra, onde se centram na dor da perda, que penso nos ter sido dada demasiado a correr, o aspecto que mencionei anteriormente de esperar uma Emma, tal como os seus companheiros de jornada, mais maduros do que nos são apresentados, e também a revisão da obra que penso que podia sido melhor conseguida.

Em termos de escrita ganha muito pela sua emotividade, mensagens e força que nos transmite ao longo das páginas. Penso que é fácil nos sentirmos ligados à história e às personagens, levando-nos a torcer para que tudo corra pelo melhor.

Por fim, gostaria de frisar o facto de na obra ter uma pequena alusão a Deus e na vida após a morte que, embora todo o meu cepticismo. me deu bastante prazer ler, porque não costumo gostar muito de livros que o foquem e neste caso específico tal não sucedeu.

“Estarás Sempre Comigo” é, desta forma, uma obra que nos fala da dor de perder alguém e da força para ultrapassar esse facto de forma bastante bonita e emotiva.

Citações a reter: «As recordações são coisas absurdas. Algumas são vagas, outras cristalinas, outras ainda demasiado dolorosas para as lembrarmos e outras, então, deixam-nos tanta dor que não conseguimos esquecê-las.»

“A dor torna-nos quem somos, ensina-nos e doma-nos, pode destruir e pode salvar.”

Avaliação: 4/5 (Gostei Bastante!)

Prémio Dardos


A Wicahpis do blogue O Meu Vício: Ler, a Kel d' A Rapariga dos Livros, a Patrícia do Chaise Longue e a p7 do Bookeater/Booklover ofereceram-me o selo Prémio Dardos, que significa:

"O Prémio Dardos reconhece os valores que cada blogueiro mostra em cada dia no seu empenho por transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais....que, em suma, demonstram a sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre as suas letras, entre as suas palavras."


O meu muito obrigada a todas pelo carinho e reconhecimento! :)

A aceitação deste reconhecimento implica três regras:
1 - Se aceitar, exibir a imagem.
2 - Linkar o blog do qual recebeu o prémio.
3 - Escolher 15 blogs para entregar o Prémio Dardos.


terça-feira, 13 de março de 2012

Passatempo "Querubim Azul" e "Trilho de Lobos"

O Magia, em parceria com a Papiro Editora, tem para oferecer um exemplar de “Querubim Azul” de Rui Guedes e outro de “Trilho deLobos” de Carlos Magalhães Queirós, ambos lançados recentemente pela editora.

  

Tal como tem vindo a suceder até então têm somente de enviar um email para magia_livros@hotmail.com com o vosso nome completo. Caso ganhem serão posteriormente contactados via email.

As regras de participação:
- O passatempo termina às 23:59 h do dia 31 de Março de 2012;
- Só podem participar residentes em Portugal Continental;
- Só se aceita uma participação por pessoa e por morada;
- Haverão dois vencedores, sendo que cada um levará um dos livros mencionados, através do site random.org.

Boa sorte a todos!